DetailPage-MSS-KB

Base de Dados de Conhecimento

ID do artigo: 250842 - Última revisão: sexta-feira, 18 de novembro de 2005 - Revisão: 4.0

Nesta página

Sumário

Este artigo descreve procedimentos para solução de problemas de processamento de diretiva de grupo no computador cliente do Windows 2000. Isso pode incluir as configurações de diretiva incorretas ou incompletas ou a falta de aplicativos de diretiva para o computador ou usuário.

Antes de usar as etapas desse artigo, você deve estar familiarizado com as informações contidas no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft.
216357  (http://support.microsoft.com/kb/216357/ ) Identificando as extensões do cliente das Diretivas de grupo
228460  (http://support.microsoft.com/kb/228460/ ) Localização dos arquivos ADM (Modelo administrativo) no Windows 2000
216358  (http://support.microsoft.com/kb/216358/ ) Solucionando problemas de comportamento da extensão do cliente da Diretiva de grupo

Mais Informações

  1. Ative o log de depuração detalhado no computador cliente do Windows 2000 usando as instruções descritas no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
    221833  (http://support.microsoft.com/kb/221833/ ) Como ativar o log de depuração de ambiente de usuário para as versões de varejo do Windows
    Um arquivo de log (Userenv.log) é gerado na pasta Winnt\Debug\UserMode e geralmente aponta para a causa principal de uma falha geral para numerar a lista de objetos de diretiva de grupo (GPOs) que se aplicam ao usuário. As informações mínimas sobre o status de cada extensão de diretiva de grupo (DLL que realiza um tipo específico de aplicativo de diretiva, por exemplo Segurança, Redirecionameno de pasta, entre outros) que aplica a diretiva também são registradas no arquivo Userenv.log, mas, para as informações detalhadas sobre cada extensão, existem outras configurações que ativam o log específico para esses componentes (descritos posteriormente nesse artigo).
  2. Verifique a conectividade e resolução DNS. Se a conectividade para os controladores de domínio estiver causando o problema, o log de depuração normalmente detecta o problema e registra os locais específicos no Active Directory e em compartilhamentos de rede pelos quais o Windows 2000 está tentando acessar os dados.

    Os utilitários de suporte do Windows 2000, do Dcdiag.exe e do Netdiag.exe, são usados para testar a conectividade de rede e resolução DNS. O Dcdiag.exe é usado para testar os controladores de domínio e o Netdiag.exe é usado para testar estações de trabalho e servidores. Para executar o Dcdiag.exe, digite dcdiag /v em um prompt de comando em um controlador de domínio. Para executar o Netdiag.exe, digite netdiag /v em um prompt de comando em uma estação de trabalho ou em um servidor membro.

    Para obter informações adicionais sobre o Dcdiag.exe e o Netdiag.exe, consulte a ajuda das ferramentas de suporte do Windows 2000 ou clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
    265706  (http://support.microsoft.com/kb/265706/ ) DCDiag e NetDiag no Windows 2000 facilitam o acesso e criação de Controlador de domínio
  3. Verifique se a diretiva de grupo deve ser aplicada ao cliente. O Windows 2000 determina que tipo de diretiva aplicar, seja diretiva de nível baixo (Ntconfig.pol no Microsoft Windows NT 4.0) ou diretiva de grupo, com base na localização do computador e na conta do usuário.
  4. Use o Gpresult.exe do Microsoft Windows 2000 Resource Kit. Preste bastante atenção na ordem em que os GPOs são aplicados. Se a mesma configuração for especificada em diversos GPOs, as que forem aplicadas posteriormente no processo (menores nos arquivos de log) serão autoritativas e anularão as configurações dos primeiros GPOs da lista.
  5. Use o Gpotool.exe para determinar se existe uma inconsistência entre as versões do Active Directory e do SYSVOL do mesmo GPO pelos controladores de domínio de nível correspondente. Essas informações podem ajudá-lo a determinar se a latência da duplicação está fazendo com que o cliente do Windows 2000 não receba a diretiva correta. Se você achar que esse é o caso, use o Replmon.exe e o Repadmin.exe (todos do conjunto de ferramentas de suporte do Windows 2000) para determinar os parceiros de duplicação para o controlador de domínio que o cliente usou como uma fonte para a diretiva de grupo e determinar se a duplicação está funcionando.
  6. Verifique, no arquivo Userenv.log, se o nome distinto (DN) do computador/usuário está sendo determinado. Se o Windows 2000 não determinar o DN, não poderá analisar apropriadamente o Active Directory para determinar quais GPOs aplicar ao usuário ou do computador.
  7. Exiba o arquivo Userenv.log. As entradas para cada GPO avaliado são registradas nesse arquivo. Verifique se existem GPOs sendo ignorados, porque o usuário não possui as permissões apropriadas no GPO (o usuário deve ter permissões Ler e aplicar diretivas de grupo).
  8. Determine se o processamento de auto-retorno está em funcionamento. Isso faz com que os componentes de usuário dos GPOs que são aplicados ao computador sejam aplicados ao usuário. Para determinar isso, procure por uma linha no arquivo Userenv.log que seja semelhante ao exemplo a seguir:
    USERENV(e8.128) 15:46:17:234 ProcessGPOs: Chamando GetGPOInfo para modo de diretiva normal
    						
    OBSERVAÇÃO: Nesse exemplo, as regras de processamento de diretiva normal são aplicadas.
  9. Se o computador cliente estiver executando os serviços de terminal, determinados tipos de diretivas (especificamente a implantação de aplicativo) desativam a atribuição de aplicativos.
  10. Se a implantação de aplicativos não estiver funcionando, execute as seguintes ações:

    1. Ative o log do Windows Installer usando as instruções no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
      223300  (http://support.microsoft.com/kb/223300/ ) Como ativar o log do Windows Installer no Windows 2000
    2. Ative o processamento da diretiva de gerenciamento de aplicativo usando as instruções no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
      246509  (http://support.microsoft.com/kb/246509/ ) Solucionando problemas de implantação de programa usando o log detalhado
    Esses logs podem mostrar clientes que não conseguem localizar o caminho da instalação especificado para o programa que desejam instalar.
  11. Nem todos os tipos de diretivas são aplicadas durante uma atualização em segundo plano da Diretiva de grupo. Para forçar uma nova aplicação de todos os tipos de diretiva, você deve reiniciar o computador ou o usuário deve efetuar o logoff e novamente efetuar o logon, dependendo se está sendo aplicada a diretiva da máquina ou do usuário respectivamente.

Se for necessário entrar em contato com o Atendimento Microsoft

Se você precisar entrar em contato com o Atendimento Microsoft, será necessário fornecer as seguintes informações ao profissional de suporte:
  • O arquivo Userenv.log da pasta Winnt\Debug\UserMode.
  • O resultado "gpresult.exe /s" redirecionado para um arquivo de texto (executar no computador cliente do Windows 2000).
  • O resultado "gpotool.exe /verbose" redirecionado para um arquivo de texto (executar no controlar de domínio do Windows 2000).
  • O resultado "netdiag.exe /v /l", que resulta em um arquivo chamado Netdiag.log (executar no computador cliente do Windows 2000).
Se você souber o tipo de diretiva ou o GPO específico que não está sendo aplicado, as informações adicionais a seguir também serão úteis (dependendo do tipo de diretiva):

Se a diretiva de segurança não funcionar

Determine o GUID do objeto de diretiva de grupo que não está funcionando, usando as etapas no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
216359  (http://support.microsoft.com/kb/216359/ ) Como identificar os objetos de Diretiva de grupo no Active Directory e no SYSVOL
Lembre-se de que para a maioria das configurações de segurança, as configurações com prioridade mais alta prevalecem e não são cumulativas. Localize o arquivo Gpttmpl.inf encontrado na pasta SYSVOL correspondente em Machine\Microsoft\Windows NT\SecEdit. Esse é o arquivo que possui as configurações de segurança aplicadas pela Diretiva de grupo para um determinado GPO.

Se a Diretiva de Registro/Software não funcionar

  1. Determine o GUID do objeto de diretiva de grupo que não está funcionando, usando as etapas descritas no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
    216359  (http://support.microsoft.com/kb/216359/PT-BR/ ) Como identificar os objetos de diretiva de grupo no Active Directory e no SYSVOL
  2. Localize o arquivo Registry.pol na pasta máquina ou usuário na pasta do GPO correspondente no SYSVOL.

Se a Diretiva de gerenciamento de aplicativo não funcionar

  1. Ative o log do Windows Installer usando as instruções no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
    223300  (http://support.microsoft.com/kb/223300/ ) Como ativar o log do Windows Installer no Windows 2000
  2. Ative o processamento da Diretiva de gerenciamento de aplicativo, usando as instruções no seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
    246509  (http://support.microsoft.com/kb/246509/ ) Solucionando problemas de implantação de programa usando o log detalhado
    OBSERVAÇÃO: Revise primeiro os arquivos de log do motor da Diretiva de gerenciamento de aplicativo para determinar se os programas que deseja instalados estão sendo determinados e direcionados ao Windows Installer. Os arquivos de log do Installer contêm um histórico dos procedimentos de instalação que ocorrem durante a instalação do programa.

Se a Diretiva de script Logon/Logoff/Startup/Shutdown não funcionar

Usando a saída Gpresult, determine quais GPOs possuíam scripts configurados para serem executados e determine o GUID de cada Objeto de diretiva de grupo executando as etapas do seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
216359  (http://support.microsoft.com/kb/216359/ ) Como identificar os objetos de Diretiva de grupo no Active Directory e no SYSVOL
Localize a pasta de scripts para cada GPO no SYSVOL e verifique se os scripts configurados para serem executados foram duplicados para o controlador de domínio usado como fonte para a diretiva.

Se a Diretiva de redirecionamento de pasta não funcionar

Usando o resultado Gpresult, determine quais GPOs (se houver) possuíam a diretiva de Redirecionamento de pasta. Se uma diretiva estiver no lugar que deveria afetar o usuário, mas as pastas não estiverem sendo redirecionadas, é possível que um GPO não tenha sido aplicado, porque o usuário não possuía as permissões apropriadas no GPO.

Se o GPO estiver desativado ou excluído, mas o redirecionamento de pastas ainda estiver ativo após a atualização da diretiva, execute as seguintes etapas (se o GPO ainda estiver disponível):
  1. Abra o GPO.
  2. Clique com o botão direito do mouse na pasta que foi redirecionada e clique em Propriedades.
  3. Na guia Configurações, identifique se a opção Return the redirected folder to its previous setting está selecionada.

A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows 2000 Server
  • Microsoft Windows 2000 Advanced Server
  • Microsoft Windows 2000 Professional Edition
  • Microsoft Windows 2000 Datacenter Server
Palavras-chave: 
kbenv kbinfo KB250842
Compartilhar
Opções de suporte adicionais
Fóruns de Suporte do Microsoft Community
Contate-nos diretamente
Localize um parceiro certificado da Microsoft
Microsoft Store