DetailPage-MSS-KB

Base de Dados de Conhecimento

Artigo: 186111 - Última revisão: sábado, 24 de Setembro de 2011 - Revisão: 3.0

Este artigo foi publicado anteriormente em PT186111

Nesta página

Sumário

Este artigo descreve os parâmetros que podem ser utilizados com os programas de configuração do Windows 95, do Windows 98 e do Windows Millennium Edition (Me). Repare que alguns dos parâmetros apenas podem ser utilizados em certas versões do Windows.

Mais Informação

Windows 98 e Windows Me

  • /m - Este parâmetro evita a reprodução dos ficheiros de som (.wav) do programa de configuração.
  • /na - Este parâmetro evita a verificação de programas e pode ser utilizado com os seguintes valores:
    • 0: predefinido
    • 1: Não é feita verificação de programas baseados em Windows e os programas baseados em MS-DOS são bloqueados.
    • 2: Não é feita verificação de programas baseados em MS-DOS e os programas baseados em Windows são bloqueados.
    • 3: Não é feita verificação de programas baseados em Windows ou em MS-DOS.

  • /nf - Não pede que seja removida a disquete da unidade de disquetes (para CD-ROMs de arranque).
    • O mesmo que se existir um ficheiro chamado BOOTCD na pasta de CAB.
    • O mesmo que se existir uma linha "BootCD=1" no ficheiro Msbatch.inf.

  • /nh - Este parâmetro ignora a execução do programa Hwinfo.exe em 0 por cento de ficheiros e em RunOnce.
  • /nx - Não verifica a versão do Setupx que está a ser executada.
  • /ie - Este parâmetro ignora a apresentação dos ecrãs do assistente de disquete de arranque do Windows 98. Se este parâmetro for utilizado, a pasta Windows\Command\EBD não será criada.
  • /iv - Este parâmetro ignora a apresentação dos ecrãs do programa de configuração durante uma actualização do Windows.

Windows 95, Windows 98 e Windows Me

  • /? - Este parâmetro fornece um breve resumo dos parâmetros de configuração disponíveis e da correcta sintaxe da linha de comandos para utilizá-los.
  • /c - Este parâmetro ignora a execução do SMARTDrive.
  • /d - Este parâmetro ignora a utilização da configuração existente do Windows (como os ficheiros Win.ini e System.ini actuais).
  • /l - Utilize este parâmetro caso tenha um rato Logitech e pretenda activá-lo durante a execução do programa de configuração.
  • /n - Este parâmetro determina a execução do programa de configuração sem rato.
  • -s - Utilize este parâmetro para usar um ficheiro Setup.inf alternativo.
  • /t: dir - Este parâmetro permite especificar para onde é que o programa de configuração copia os respectivos ficheiros temporários. AVISO: Quaisquer ficheiros existentes nesta pasta serão eliminados.
  • /ig - Permite que o programa de configuração seja executado em alguns computadores Gateway e Micron mais antigos e com uma BIOS mais antiga.
  • /ih - Este parâmetro determina que o programa de configuração execute o ScanDisk em primeiro plano.
  • /im - Determina que o programa de configuração ignore o teste à memória convencional.
  • /iq - Se utilizar o parâmetro /is para evitar a execução do ScanDisk ou se o ScanDisk não for concluído com sucesso, o programa de configuração verifica a existência de ficheiros com ligações cruzadas na unidade. O parâmetro /iq impede que o programa de configuração faça isto.
  • /is - Este parâmetro determina que o programa de configuração não execute o ScanDisk.
  • /it - Este parâmetro ignora a verificação da existência de programas TSR (Terminate-and-stay-resident) 'sujos' ou 'letais' que sejam conhecidos por causar problemas com o programa de configuração do Windows.
  • /p - Este parâmetro determina que o programa de configuração transfira cadeias directamente para o Gestor de detecção (ou Sysdetmg.dll). O programa de configuração não interpreta o conteúdo da cadeia. A cadeia pode conter uma ou mais opções de detecção.
    O parâmetro /p não é utilizado autonomamente.

Definição do parâmetro /p

  • A cadeia pode conter um ou mais parâmetros de detecção separados por ponto e vírgula (;) Por exemplo, se pretender utilizar /p f e /p i deverá escrever setup /p f;i .
  • Alguns parâmetros são apenas de activação/desactivação. A ausência do parâmetro implica desactivação; a presença do parâmetro implica activação. Um sinal de subtracção (-) acrescentado imediatamente após um parâmetro desactiva-o.
  • Alguns parâmetros recebem o formato c = params . Se existir mais do que um parâmetro para um comando, estes serão separados por uma vírgula (,).
  • Não devem existir quaisquer espaços na cadeia de opções de detecção.

Parâmetros de detecção válidos

  • a - Este parâmetro activa a detecção de segurança. Determina que cada módulo de detecção tente métodos de detecção mais seguros. Os métodos de detecção mais seguros podem não detectar dispositivos correctamente.
    A predefinição é activada durante a execução do programa. A predefinição é desactivada noutros casos.
    Exemplo: setup /p a
  • b - Este parâmetro activa o modo perguntar antes. Pede confirmação antes de cada módulo de detecção ser chamado para que se possa identificar cada módulo de detecção e decidir se se pretende ignorá-lo.
    A predefinição é desactivada.
    Exemplo: setup /p b
  • c - Este parâmetro activa a detecção de classes. A detecção de classes é um mecanismo de pesquisa de indícios da existência de um certo tipo de dispositivo. Por exemplo, a detecção de classes de placas procura indícios no Config.sys e no System.ini da existência de controladores de CD-ROM. Caso não encontre nenhum, o programa de configuração apresenta uma caixa de verificação em que pergunta se existe uma unidade de CD-ROM.
    A predefinição é activada durante a execução do programa. Quando se utiliza a ferramenta Adicionar novo hardware e a detecção ancoragem/desancoragem, a predefinição é desactivada.
    Exemplo: setup /p c
  • c- - Desactiva a detecção de classes de segurança. Por exemplo, este parâmetro determina que o programa de configuração faça sempre pesquisas em todas as placas de rede, placas de som e unidades de CD-ROM.
    Exemplo: setup /p c-
  • d= nome - Este parâmetro detecta apenas os módulos de detecção listados, em que nome é o nome de um módulo de detecção ou o nome de uma classe de dispositivos.
    Os nomes dos módulos de detecção (tal como DetectPIC e DetectAHA154x) podem ser encontrados no ficheiro Msdet.inf. Os nomes das classes de dispositivos podem ser SCSIAdapter, net, etc.
    Exemplo: setup /p d=detectpic
  • e - Este parâmetro activa a detecção em modo de configuração.
    A predefinição é activada durante a execução do programa. A predefinição é desactivada noutros casos.
    Exemplo: setup /p e
  • f - Este parâmetro activa o modo de limpeza de registo. Determina que a detecção elimine a chave do registo HKEY_LOCAL_MACHINE\Enum\Root antes de iniciar. Este parâmetro é ignorado quando o programa de configuração é executado com a interface gráfica de utilizador (GUI, Graphical User Interface) do Windows 95
    NOTA: Este parâmetro é sempre ignorado no Windows 98, no Windows 98 Segunda Edição e no Windows Me, mesmo que o programa de configuração seja executado a partir do MS-DOS.
    A predefinição é desactivada.
    Exemplo: setup /p f
  • g= n - Este parâmetro determina o nível de verbosidade, em que n é um valor de 0 a 3.
    Este parâmetro controla o nível de verbosidade da barra de evolução incorporada. No nível máximo (3) mostra todos os recursos dos dispositivos detectados com a barra de evolução. Este parâmetro ajuda a identificar o módulo de detecção que provoca determinado problema. Por exemplo, se o rato deixa de responder (não reage) durante a detecção mas o sistema continua em actividade, não é possível determinar a partir dos ficheiros de registo qual o módulo que fez com que o rato deixasse de responder. Ao activar esta opção e ao mover constantemente o rato durante a execução do programa de configuração, é possível determinar qual o módulo que faz com que o rato deixe de responder.
    A predefinição é desactivada (0).
    Exemplo: setup /p g=3
  • i - Este parâmetro determina que o programa de configuração não comunique a existência de uma BIOS Plug and Play. É útil em computadores que têm uma BIOS Plug and Play que não esteja identificada no ficheiro Machine.inf Exemplo: setup /p i
  • j - Este parâmetro determina que o programa de configuração anule os resultados do parâmetro Setup /p i /L1. Este parâmetro só deve ser utilizado depois de actualizada a BIOS Plug and Play de um computador que precisou de executar Setup /p i .
    Exemplo: setup /p j
    NOTA: Em Windows 98, o parâmetro /p j é necessário para activar o suporte de ACPI. O Windows 98 mantém uma lista de BIOS para computadores ACPI, deste modo, quando os fabricantes de BIOS criam novas BIOS válidas para ACPI, este procedimento permite que o Windows 98 as reconheça.
  • l= n - Este parâmetro determina o nível de registo para Detlog.txt, em que n é um valor de 0 a 3.
    A predefinição é o registo máximo (3).
    Exemplo: setup /p l=0
  • m - Este parâmetro activa o modo Mini-windows.
    Este só é activado quando o programa de configuração é executado em MS-DOS.
    Exemplo: setup /p m
  • n - Este parâmetro activa o modo de não recuperação. Esta opção pode ser utilizada para desactivar o mecanismo de recuperação do programa de configuração do Windows 95 (por exemplo, este parâmetro impede a criação do ficheiro Detcrash.log).
    A predefinição é desactivada.
    Exemplo: setup /p n
  • o= traceoutput - Este parâmetro especifica o rastreio da saída. A informação é escrita no ficheiro Tracelog.txt no directório actual.
    Esta opção está apenas disponível na versão de depuração do Sysdetmg.dll.
    Exemplo: setup /p o
  • p - Este parâmetro activa o registo de desempenho. Escreve a informação relativa aos tempos de desempenho no ficheiro DETLOG.TXT.
    A predefinição é desactivada.
    Exemplo: setup /p p
  • r - Este parâmetro activa o modo de recuperação. Determina que a detecção utilize o ficheiro Detcrash.log, caso exista, para recuperação. Se este parâmetro não estiver activado, a detecção irá ignorar e eliminar o ficheiro Detcrash.log caso o encontre.
    Este parâmetro é utilizado se a recuperação de segurança for seleccionada durante a execução do programa de configuração, caso contrário, não é utilizado.
    Exemplo: setup /p r
  • s= nome - Este parâmetro ignora os módulos de detecção listados ou classes de módulos de detecção, em que nome é o nome de um módulo de detecção ou o nome de uma classe de dispositivos.
    Os nomes dos módulos de detecção (tais como DetectPIC e DetectAHA154x) estão no ficheiro Msdet.inf. Os nomes das classes de dispositivos são SCSIAdapter, net, etc.
    Exemplo: setup /p s=detectpic
  • t= n - Este parâmetro especifica o nível de rastreio, em que n é um valor de 0 a 9.
    A predefinição é desactivada (0).
    Esta opção só está disponível na versão de depuração do Sysdetmg.dll.
    Exemplo: setup /p t=9
  • v - Este parâmetro activa o modo verificar apenas. A detecção tem duas fases:
    • Verificação de dispositivos existentes no registo.
    • Detecção de novos dispositivos.

  • Este parâmetro determina que a detecção execute apenas a primeira fase. Este parâmetro é utilizado pelo assistente PCMCIA para verificar dispositivos legacy no registo.

  • A predefinição é desactivada.
    Exemplo: setup /p v
  • A predefinição é desactivada. x= res list - Este parâmetro exclui os recursos listados da detecção, em que res list é um dos seguintes:
    • io(xxx-yyy,xxx-yyy,...)
    • mem(xxxxx-yyyyy,xxxxx-yyyyy,...)
    • irq(x,y,z,...)
    • dma(x,y,z,...)
    Este parâmetro protege recursos de modo a que nenhum módulo de detecção lhes possa aceder.
    Exemplo: setup /p x=io(300-30f,240-24f)

A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows 95
Palavras-chave: 
kbinfo kbsetup kbwinme win95 win98 win98se KB186111
Partilhar
Opções de suporte adicionais
Fóruns de Suporte da Comunidade Microsoft
Contacte-nos directamente
Encontre um parceiro certificado Microsoft
Loja Microsoft