DetailPage-MSS-KB

Base de Dados de Conhecimento

Artigo: 255867 - Última revisão: quinta-feira, 30 de Janeiro de 2014 - Revisão: 1.0

Nesta página

Sumário

Este artigo descreve as ferramentas 'Fdisk' e 'Format' e a respectiva utilização para particionar ou voltar a particionar um disco rígido. Este artigo poderá conter hiperligações para conteúdo em inglês (ainda não traduzido).

Mais Informação

Como utilizar as ferramentas 'Fdisk' e 'Format'

Antes de instalar o sistema operativo, tem de criar uma partição principal no disco rígido (disco 1) do computador e de formatar essa partição com um sistema de ficheiros. O Fdisk é uma ferramenta baseada no MS-DOS utilizada para preparar (particionar) um disco rígido. Pode utilizar o Fdisk para criar, alterar, eliminar ou visualizar as partições actualmente existentes no disco rígido; em seguida, é atribuída uma letra de unidade a cada espaço atribuído no disco rígido (partição principal, partição expandida ou unidade lógica). O disco 1 pode conter uma partição expandida e um segundo disco rígido pode conter uma partição principal ou uma partição expandida. Uma partição expandida pode conter uma ou mais unidades lógicas de MS-DOS.

Depois de utilizar a ferramenta Fdisk para particionar o disco rígido, utilize a ferramenta Format para formatar essas partições com um sistema de ficheiros. O sistema de ficheiros tabela de atribuição de ficheiros (FAT, File Allocation Table) permite que o disco rígido aceite, armazene e obtenha dados. O Windows 95 OEM Service Release 2 (OSR2), o Windows 98, o Windows 98 Segunda Edição, o Windows Millennium Edition (Me) e o Windows 2000 suportam os sistemas de ficheiros FAT16 e FAT32. Quando executa a ferramenta Fdisk num disco rígido com mais de 512 megabytes (MB), é-lhe pedido para seleccionar um dos seguintes sistemas de ficheiros:
  • FAT16: Este sistema de ficheiros suporta um máximo de 2 gigabytes (GB) para cada espaço atribuído ou letra de unidade. Por exemplo, se utilizar o sistema de ficheiros FAT16 e tiver um disco rígido de 6 GB, poderá ter três letras de unidade (C, D e E), cada uma das quais com 2 GB de espaço atribuído.Para obter informações adicionais sobre o sistema de ficheiros FAT16, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
    118335  (http://support.microsoft.com/kb/118335/pt/ ) Tamanho máximo de partição utilizando o sistema de ficheiros FAT16
  • FAT32: Este sistema de ficheiros suporta unidades com um tamanho máximo de 2 terabytes e armazena os ficheiros em secções do disco rígido menores do que o sistema de ficheiros FAT16. Isto resulta na existência de mais espaço disponível no disco rígido. O sistema de ficheiros FAT32 não suporta unidades com menos de 512 MB.Para obter informações adicionais sobre o sistema de ficheiros FAT32, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
    154997  (http://support.microsoft.com/kb/154997/pt/ ) Descrição do sistema de ficheiros FAT32
Quando executa os comandos fdisk e format, o registo de arranque principal (MBR) e as tabelas de atribuição de ficheiros são criados. O MBR e as tabelas de atribuição de ficheiros armazenam a geometria de disco necessário para permitir que o disco rígido aceite, armazene a obtenha dados. Para obter informações adicionais sobre a criação de partições no MS-DOS e uma descrição geral da geometria dos discos rígidos, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
69912  (http://support.microsoft.com/kb/69912/pt/ ) Resumo das partições no MS-DOS


Considerações importantes antes de utilizar as ferramentas 'Fdisk' e 'Format'

Tome em consideração as seguintes questões antes de utilizar as ferramentas Fdisk e Format:
  • O disco rígido é novo? Se não for, consulte a seguinte questão.
    • Trata-se do único disco rígido existente no computador (principal) ou de um segundo disco rígido (secundário)?
    • Preparou o disco rígido seguindo as instruções do fabricante? É importante que defina os jumpers e a cablagem de acordo com a função do disco rígido (principal ou secundário).
    • Verificou se o sistema básico de entrada/saída (BIOS, Basic Input/Output System) suporta o disco rígido ou segundo disco rígido? Se assim não for, consulte a documentação da placa principal ou contacte o fabricante. Normalmente, o BIOS tem uma definição de detecção automática de discos rígidos que configura a unidade; no entanto, deverá verificar se é o caso antes de continuar.
    • Que tipo de sistema de ficheiros pretende utilizar? Pode utilizar os sistemas de ficheiros FAT16 ou FAT32. Se não tiver a certeza do sistema de ficheiros que pretende utilizar, consulte os seguintes artigos na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base:
      118335  (http://support.microsoft.com/kb/118335/pt/ ) Tamanho máximo de partição utilizando o sistema de ficheiros FAT16
      154997  (http://support.microsoft.com/kb/154997/pt/ ) Descrição do sistema de ficheiros FAT32
  • O disco rígido já contém dados?
    • Efectuou uma cópia de segurança de todos os dados importantes? Se não o tiver feito, crie uma cópia de segurança dos dados antes de continuar. Quando executar o comando fdisk para criar, eliminar ou alterar uma partição, todos os dados existentes nessa partição serão permanentemente eliminados. Note que pode ver as informações da partição actual sem eliminar os dados.

      Para obter informações adicionais sobre como instalar o utilitário MSBackup, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
      152561  (http://support.microsoft.com/kb/152561/pt/ ) Como instalar a Cópia de Segurança da Microsoft
      Para obter informações sobre a utilização do MSBackup, consulte o respectivo ficheiro de ajuda. Se pretende utilizar o utilitário MSBackup com um suporte de dados amovível, consulte o seguinte artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft:
      188575  (http://support.microsoft.com/kb/188575/pt/ ) Como realizar uma cópia de segurança para um suporte de dados amovível utilizando a Cópia de Segurança da Microsoft
      Repare que o Windows Me não inclui nenhum utilitário de cópia de segurança.
    • O disco rígido tem um programa de sobreposição ou gestão de discos? Se o computador utilizar software de sobreposição de unidades para permitir o suporte a discos rígidos de grandes dimensões, não utilize a ferramenta Fdisk sem contactar o fabricante do software. Se não tiver a certeza, consulte o seguinte artigo da base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base) ou contacte o fabricante do software antes de continuar:
      186057  (http://support.microsoft.com/kb/186057/pt/ ) Como saber se o programa de sobreposição de unidades está instalado no Windows
    • Tem as disquetes ou CD-ROMs necessários para reinstalar o software? Certifique-se de que possui o software, para poder reinstalar os programas depois de particionar e formatar a unidade. Se tiver adquirido uma actualização para um programa, certifique-se de que possui a versão completa do programa original. As actualizações de muitos programas requerem uma verificação de compatibilidade antes da instalação do produto actualizado. Se não conseguir localizar as disquetes ou CD-ROMs originais, contacte o fabricante do software antes de continuar.
    • Tem cópias de segurança dos controladores de dispositivo actualizados num dispositivo que não seja a unidade que está prestes a formatar e particionar? Se tiver instalado um controlador actualizado para um dispositivo periférico (por exemplo, modem, impressora, etc.), certifique-se de que efectua uma cópia de segurança do controlador novo para um dispositivo que não seja a unidade que está prestes a formatar e particionar, para que o possa reinstalar depois da instalação do sistema operativo.
  • Pretende combinar múltiplas partições expandidas numa partição expandida? Se assim for, consulte a secção Como voltar a particionar e formatar a partição expandida e as unidades lógicas de um disco rígido deste artigo.
  • Tem uma disquete de arranque? O Windows 95, o Windows 98, o Windows 98 Segunda Edição e o Windows Me pedem-lhe para criar uma disquete de arranque no programa de configuração. Se não tiver uma disquete de arranque:
    1. Introduza uma disquete vazia na unidade de disquetes (unidade A).
    2. Clique em Iniciar, aponte para Definições, clique em Painel de controlo e, em seguida, faça duplo clique em Adicionar/remover programas.
    3. Clique em Criar disquete no separador Disquete de arranque.
    4. Depois de criar a disquete de arranque, deverá testá-la. Para testar a disquete de arranque, introduza-a na unidade de disquetes e reinicie o computador. Se estiver a utilizar um computador com o Windows 98, é apresentado o menu de arranque. Se estiver a utilizar um computador com o Windows 95, é apresentada uma linha de comandos.
  • Necessita de suporte de CD-ROM no modo real? Algumas unidades de CD-ROM necessitam de controladores de modo real. Se tenciona utilizar o Windows 98 no computador, a disquete de arranque contém controladores de CD-ROM genéricos, controladores ATAPI de modo real e controladores SCSI que permitem o funcionamento das unidades de CD-ROM após o arranque a partir da disquete de arranque do Windows 98. Note que estes controladores de CD-ROM podem não funcionar com todas as unidades de CD-ROM; no entanto, poderão funcionar como substitutos se os controladores da sua unidade de CD-ROM não estiverem disponíveis.

    NOTA: Se introduzir o disco de arranque do Windows 98 e reiniciar o computador, poderá não conseguir alterar a letra da unidade de CD-ROM (normalmente uma letra acima da habitual, visto que o disco de arranque cria uma unidade de RAM [memória de acesso aleatório]), dado que estes controladores não funcionam com a unidade de CD-ROM. Consulte a documentação incluída com o hardware ou contacte o respectivo fabricante para obter os controladores de dispositivo da unidade de CD-ROM.


Como criar partições e formatar um disco rígido principal

IMPORTANTE: Se utilizar os passos seguintes num disco rígido que não esteja vazio, todos os dados existentes nesse disco serão permanentemente eliminados.

Como particionar um disco rígido principal

Para particionar um disco rígido principal, execute o comando fdisk:
  1. Introduza a disquete de arranque na unidade de disquetes, reinicie o computador e utilize um dos seguintes métodos, dependendo do sistema operativo. Para uma disquete de arranque do Windows 98, Windows 98 Segunda Edição ou Windows Me:

    1. Quando o menu de arranque do Microsoft Windows 98 for apresentado, seleccione a opção Iniciar computador sem suporte para CD-ROM e prima ENTER.
    2. Numa linha de comandos, escreva fdisk e, em seguida, prima ENTER.
    3. Consulte o passo 2.
    Para uma disquete de arranque do Windows 95:

    1. Numa linha de comandos, escreva fdisk e, em seguida, prima ENTER.
    2. Consulte o passo 2.
  2. Se o disco rígido tiver mais de 512 MB, receberá a seguinte mensagem:
    O computador dispõe de um disco com mais de 512 MB. Esta versão do Windows inclui um suporte melhorado para discos de grande capacidade, o que resulta numa utilização mais eficaz do espaço em unidades grandes e permite que discos com mais de 2 GB sejam formatados como uma única unidade.

    IMPORTANTE: Se optar pelo suporte a discos grandes e criar novas unidades neste disco, não poderá aceder a elas utilizando outros sistemas operativos incluindo algumas versões do Windows 95 e Windows NT, bem como as versões anteriores do Windows e MS-DOS. Além disso, utilitários de disco que não tenham sido explicitamente concebidos para o sistema FAT32 não irão funcionar sobre este disco. Se precisar de aceder a este disco com outros sistemas operativos ou utilitários de disco mais antigos, não active o suporte a unidades de grande capacidade.

    Deseja activar o suporte para discos de grande capacidade?
    Se pretende utilizar o sistema de ficheiros FAT32, prima S e, em seguida, prima ENTER. Se pretende utilizar o sistema de ficheiros FAT16, prima N e, em seguida, prima ENTER.Para obter informações adicionais sobre os sistemas de ficheiros FAT32 e FAT16, clique nos números de artigo existentes abaixo para visualizar os artigos na base de dados de conhecimento Microsoft:
    118335  (http://support.microsoft.com/kb/118335/pt/ ) Tamanho máximo de partição utilizando o sistema de ficheiros FAT16
    154997  (http://support.microsoft.com/kb/154997/pt/ ) Descrição do sistema de ficheiros FAT32
  3. Depois de premir ENTER, é apresentado o menu Opções do Fdisk:
    1. Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS
    2. Definir partição activa
    3. Eliminar partição ou unidade lógica de DOS
    4. Mostrar informações sobre partições
    5. Alterar unidade de disco fixo actual
    Note que a opção 5 só está disponível se tiver dois discos rígidos físicos no computador.
  4. Prima 1 para seleccionar a opção Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS e prima ENTER.
  5. Prima 1 para seleccionar a opção Criar partição principal de DOS e prima ENTER.
  6. Depois de premir ENTER, é apresentada a seguinte mensagem:
    Deseja utilizar o tamanho máximo disponível para a partição principal de DOS?
    Depois de receber esta mensagem utilize um dos seguintes métodos, dependendo do sistema de ficheiros que seleccionou.

    Para o sistema de ficheiros FAT32

    1. Se premiu S para utilizar o sistema de ficheiros FAT32 (no passo 2) e pretende atribuir a totalidade do espaço existente no disco rígido à unidade C, prima S e, em seguida, prima ENTER.
    2. Prima ESC e, em seguida, prima ESC novamente para sair da ferramenta Fdisk e regressar a uma linha de comandos.
    3. Consulte o passo 7.

    Para o sistema de ficheiros FAT16

    Se premiu N para seleccionar o sistema de ficheiros FAT16 (no passo 2), pode aceitar o tamanho predefinido de 2 GB para o tamanho da partição ou poderá personalizar o respectivo tamanho.

    Para aceitar o tamanho de partição predefinido:

    1. Se pretende atribuir os primeiros 2 GB do disco rígido à unidade C, prima S e, em seguida, prima ENTER.
    2. Prima ESC para regressar ao menu Opções e, em seguida, consulte o a secção Para personalizar o tamanho da partição no passo d.
    Para personalizar o tamanho da partição:

    1. Se pretende personalizar o tamanho das partições (letras de unidade) do disco rígido, prima N e, em seguida, prima ENTER.
    2. É apresentada uma caixa de diálogo onde poderá introduzir o tamanho pretendido para a partição principal em MB ou como uma percentagem do espaço em disco. Note que, para computadores com o Windows 98 ou o Windows Me, a Microsoft recomenda a criação de uma partição principal com um tamanho mínimo de 500 MB. Seleccione o tamanho da partição que pretende criar e, em seguida, prima ENTER.
    3. Prima ESC para regressar ao menu Opções.
    4. Para atribuir letras de unidade ao espaço adicional existente no disco rígido, prima 1 e, em seguida, prima ENTER.
    5. Prima 2 para seleccionar a opção Criar partição expandida de DOS e prima ENTER.
    6. É apresentada uma caixa de diálogo que indica o tamanho máximo disponível para a partição expandida. Pode ajustar o tamanho da partição ou utilizar o tamanho predefinido. Recomendamos que utilize o espaço máximo predefinido, mas poderá dividir o espaço por várias letras de unidade. Introduza a quantidade de espaço pretendida, prima ENTER e, em seguida, prima ESC.
    7. É apresentado o menu Criar unidade(s) lógica(s) de DOS na partição expandida de DOS. Poderá utilizar este menu para atribuir o espaço restante existente no disco rígido a letras de unidade adicionais. Introduza a quantidade de espaço que pretende atribuir à letra de unidade seguinte na caixa Indique o tamanho da unidade lógica em Mb ou percentagem do espaço em disco (%) e prima ENTER.
    8. É apresentada uma tabela com a letra de unidade criada e a quantidade de espaço dessa unidade. Se existir espaço disponível no disco rígido, este será apresentado perto da parte inferior da tabela. Repita os passos e a g até visualizar a seguinte mensagem:
      Todo o espaço livre na partição expandida de DOS foi atribuído a unidades locais.
    9. Depois de receber esta mensagem, prima ESC para regressar ao menu Opções.
    10. Para activar a partição a partir da qual pretende arrancar (normalmente a unidade C) prima 2 para seleccionar a opção Definir partição activa e prima ENTER.
    11. Quando visualizar a seguinte mensagem, prima 1 e, em seguida, prima ENTER:
      Introduza o número da partição que pretende tornar activa.
    12. Prima ESC, prima ESC novamente para sair da ferramenta Fdisk e regressar a uma linha de comandos e, em seguida, consulte a secção Como formatar um disco rígido neste artigo.

Como formatar um disco rígido

Depois de criar as partições, tem de as formatar:
  1. Reinicie o computador com a disquete de arranque na unidade de disquetes.

    NOTA: Se estiver a utilizar um disco de arranque do Windows 95, é apresentada uma linha de comandos e poderá avançar para o passo 2. Se estiver a utilizar um disco de arranque do Windows 98, Windows 98 Second Edition ou Windows Me, seleccione a opção Iniciar computador sem suporte para CD-ROM quando o menu de arranque do Windows 98 for apresentado.
  2. Quando for apresentada uma linha de comandos, escreva formatar c: /s e prima ENTER. Este comando transfere os ficheiros de sistema e só deve ser utilizado quando formatar a unidade C (ou a unidade "activa"). Para todas as outras partições, escreva formatar unidade: (em queunidade é a letra da partição que pretende formatar).

    NOTA: Se receber uma mensagem de erro "Comando incorrecto" ou "Nome de ficheiro incorrecto", poderá ter de extrair a ferramenta Format.com para o disco de arranque. Para o fazer, introduza o comando seguinte numa linha de comandos e prima ENTER:
    extract ebd.cab format.com
    Depois de ter extraído a ferramenta Format.com para a disquete de arranque, escreva format c: /s numa linha de comandos para formatar a partição activa, ou escreva format unidade se pretender formatar uma partição que não seja a partição activa.
  3. Quando tiver executado a ferramenta Format.com com êxito, será apresentada a seguinte mensagem:
    AVISO, TODOS OS DADOS NA UNIDADE DE DISCO NÃO AMOVÍVEL C: PERDER-SE-ÃO!
    Deseja continuar a formatação?
  4. Prima S e, em seguida, prima ENTER para formatar a unidade C.
  5. Quando o procedimento de formatação tiver terminado, será apresentada a seguinte mensagem:
    Nome do volume (11 caracteres, ENTER para nenhum)?
    NOTA: Esta é uma funcionalidade opcional que poderá utilizar para introduzir um nome para a unidade. Poderá introduzir um nome de 11 caracteres para a unidade ou mantê-lo em branco premindo ENTER.
Para obter informações sobre como voltar a particionar a partição expandida e as unidades lógicas, consulte a secção Como voltar a particionar e formatar a partição expandida e as unidades lógicas de um disco rígido deste artigo.

Como voltar a particionar e formatar um disco rígido secundário

Como voltar a particionar um disco rígido secundário

Se pretende adicionar um segundo disco rígido (disco secundário) ao computador, terá de se certificar de que os jumpers da unidade principal (original) e da unidade secundária (nova unidade) estão definidos em conformidade com as instruções do fabricante, para que o computador possa detectar os discos rígidos. Verifique se o hardware está correctamente instalado e siga estes passos:
  1. Clique em Iniciar, aponte para Executar e, em seguida, introduza command (Note que o comando cmd só funciona em computadores com o Windows 2000).
  2. Numa linha de comandos, escreva fdisk e, em seguida, prima ENTER. É apresentado o seguinte menu:
    1. Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS
    2. Definir partição activa
    3. Eliminar partição ou unidade lógica de DOS
    4. Mostrar informações sobre partições
    5. Alterar unidade de disco fixo actual
    Note que a opção 5 só está disponível se tiver dois discos rígidos físicos no computador.
  3. Prima 5 e, em seguida, prima ENTER. Quando o fizer, a selecção é alterada do disco físico 1 (principal) para o disco físico 2 (secundário).
  4. Prima 1 para seleccionar a opção Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS, prima ENTER, prima 2 para seleccionar a opção Criar partição expandida de DOS e, em seguida, prima ENTER. Quando transformar a unidade secundária numa partição expandida de MS-DOS, as letras de unidade não são alteradas. Por exemplo, se a primeira unidade contiver a partição C e a partição D, a unidade secundária torna-se a unidade D a menos que a configure como partição expandida. Se ignorar este passo e criar apenas outra partição principal de MS-DOS para a unidade secundária, a nova unidade torna-se a unidade D e a unidade que era a unidade D passa a ser a unidade E.
  5. Pode particionar a unidade secundária para criar outras unidades lógicas, tal como fez com a unidade principal original. Se o computador não conseguir detectar a nova unidade, poderá ter de adicionar a linha seguinte ao ficheiro Config.sys, em que unidade é uma letra maior do que a última letra de unidade do computador (incluindo a unidade de CD-ROM):
    lastdrive=unidade
  6. Quando terminar de utilizar a ferramenta Fdisk, formate as novas partições para as poder utilizar. Depois de premir ESC para sair da ferramenta Fdisk, reinicie o computador para iniciar o Windows.

Como formatar um disco rígido secundário

Para formatar as novas partições, utilize um dos seguintes métodos, dependendo do sistema de ficheiros. Para o sistema de ficheiros FAT16:
  1. Faça duplo clique em O meu computador, clique com o botão direito do rato na partição que acabou de criar, clique em Formatar, clique em Total e, em seguida, clique em Iniciar.
  2. Quando o procedimento de formatação estiver concluído, clique em OK para fechar a caixa de diálogo.
Para o sistema de ficheiros FAT32:
  1. Clique em Iniciar, aponte para Programas, aponte para Acessórios, aponte para Ferramentas do sistema, clique em Conversor de unidades (FAT32) e, em seguida, clique em Seguinte.
  2. Na caixa Unidades, clique na unidade que pretende converter para o sistema de ficheiros FAT32.
  3. Clique em Seguinte e clique em OK.
  4. Clique em Seguinte, clique em Seguinte e clique em Seguinte novamente.
  5. Quando o procedimento de conversão tiver terminado, clique em Concluir.
NOTA: Não utilize o parâmetro /s que utilizou para configurar a unidade C. Basta formatar as unidades criadas para as utilizar (por exemplo, se tiver criado duas novas letras de unidade, terá de formatar ambas as unidades).

Para obter informações sobre como voltar a particionar a partição expandida e as unidades lógicas, consulte a secção Como voltar a particionar e formatar a partição expandida e as unidades lógicas de um disco rígido deste artigo.


Como voltar a particionar e formatar a partição expandida e as unidades lógicas de um disco rígido

Utilize os passos descritos nesta secção para redimensionar ou combinar a partição expandida e as unidades lógicas. Certifique-se de que tem uma cópia de segurança fiável de todos os dados importantes existentes na partição expandida e nas unidades lógicas antes de continuar. Se pretender combinar a totalidade do disco rígido numa partição, utilize os passos descritos na secção Como particionar e formatar um disco rígido principal deste artigo.

Como voltar a particionar a partição expandida e as unidades lógicas

NOTA: Quando utilizar este método, ficará com duas ou mais partições no disco, uma partição principal (normalmente a unidade C) e uma partição expandida. Mesmo que utilize o sistema de ficheiros FAT32, as partições estão limitadas a 8 GB a menos que obtenha uma actualização do BIOS que suporte extensões à interrupção 13. Para obter informações adicionais sobre o motivo pelo qual existe um limite de 8 GB, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
153550  (http://support.microsoft.com/kb/153550/pt/ ) Disco rígido limitado a partição de 8 GB
Se tiver criado um disco rígido com mais de 8 GB e não estiver a utilizar um programa de sobreposição de discos ou software de gestão de discos, terá de particionar e formatar o espaço que resta após a criação de cada partição de 8 GB:
  1. Introduza a disquete de arranque na unidade de disquetes, reinicie o computador e utilize um dos seguintes métodos, dependendo do sistema operativo. Para uma disquete de arranque do Windows 98, Windows 98 Segunda Edição ou Windows Me:

    1. Quando o menu de arranque do Microsoft Windows 98 for apresentado, seleccione a opção Iniciar computador sem suporte para CD-ROM e prima ENTER.
    2. Numa linha de comandos, escreva fdisk e, em seguida, prima ENTER.
    3. Avance para o passo 2.
    Para uma disquete de arranque do Windows 95:

    1. Numa linha de comandos, escreva fdisk e, em seguida, prima ENTER.
    2. Avance para o passo 2.
  2. Se o disco rígido tiver mais de 512 MB, receberá a seguinte mensagem:
    O computador dispõe de um disco com mais de 512 MB. Esta versão do Windows inclui um suporte melhorado para discos de grande capacidade, o que resulta numa utilização mais eficaz do espaço em unidades grandes e permite que discos com mais de 2 GB sejam formatados como uma única unidade.

    IMPORTANTE: Se optar pelo suporte a discos grandes e criar novas unidades neste disco, não poderá aceder a elas utilizando outros sistemas operativos incluindo algumas versões do Windows 95 e Windows NT, bem como as versões anteriores do Windows e MS-DOS. Além disso, utilitários de disco que não tenham sido explicitamente concebidos para o sistema FAT32 não irão funcionar sobre este disco. Se precisar de aceder a este disco com outros sistemas operativos ou utilitários de disco mais antigos, não active o suporte a unidades de grande capacidade.

    Deseja activar o suporte para discos de grande capacidade (S/N)?
    Se pretende utilizar o sistema de ficheiros FAT32, prima S e, em seguida, prima ENTER. Se pretende utilizar o sistema de ficheiros FAT16, prima N e, em seguida, prima ENTER.Para obter informações adicionais sobre os sistemas de ficheiros FAT32 e FAT16, clique nos números de artigo existentes abaixo para visualizar os artigos na base de dados de conhecimento Microsoft:
    118335  (http://support.microsoft.com/kb/118335/pt/ ) Tamanho máximo de partição utilizando o sistema de ficheiros FAT16
    154997  (http://support.microsoft.com/kb/154997/pt/ ) Descrição do sistema de ficheiros FAT32
  3. Depois de premir ENTER, é apresentado o seguinte menu de Opções de Fdisk:
    1. Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS
    2. Definir partição activa
    3. Eliminar partição ou unidade lógica de DOS
    4. Mostrar informações sobre partições
    5. Alterar unidade de disco fixo actual 
      (esta opção só está disponível se 
       tiver dois discos rígidos físicos no computador)
  4. Prima 3 e, em seguida, prima ENTER. É apresentado o seguinte menu:
    <![CDATA[
    1. Eliminar partição principal de DOS
    2. Eliminar partição expandida de DOS
    3. Eliminar unidade(s) lógica(s) de DOS na partição expandida de DOS
    4. Eliminar partição de outro sistema operativo
  5. Prima 3 e, em seguida, prima ENTER.
  6. É apresentado o ecrã Eliminar unidade(s) lógica(s) de DOS na partição expandida de DOS com uma tabela que descreve os atributos do disco rígido, conforme ilustrado no exemplo seguinte.
    Reduzir esta tabelaExpandir esta tabela
    Un.Nome volumeMbytesSistemaOcup
    D:(Def. utilizador) 2047 FAT16 100%
    E:(Def. utilizador) 2047 FAT16 100%
    F:(Def. utilizador) 2047 FAT16 100%
    G:(Def. utilizador) 2047 FAT16 100%
    H:(Def. utilizador) 2047 FAT32 17%
    I:(Def. utilizador) 1498 DESCONHECIDO 13%


    O tamanho da partição expandida de DOS é XXX Mbytes (1 MByte = 1048576 bytes).

    AVISO! Os dados numa unidade lógica de DOS eliminada perder-se-ão.

    Que unidade pretende eliminar? Introduza a letra da unidade que pretende eliminar e, em seguida, prima ENTER.
  7. Quando lhe for pedido para introduzir o nome do volume da unidade, introduza o nome do volume caso a unidade tenha um.

    NOTA: Tem de introduzir o nome exacto ou de premir ENTER caso não exista um nome de volume. Se introduzir um nome de volume incorrecto, será apresentada a seguinte mensagem:
    O nome de volume não corresponde.
    Deseja introduzir o nome do volume?
    Se introduzir o nome de volume correcto, será apresentada a seguinte mensagem:
    Tem a certeza (S/N)?
    A resposta predefinida a esta mensagem é N. Tem de premir S e de premir ENTER para eliminar a unidade. As palavras Unidade eliminada são apresentadas na tabela, junto da letra de unidade que foi eliminada.
  8. Repita os passos 3 a 7 até ter eliminado todas as unidades que pretende eliminar. Quando tiver terminado, prima ESC. Se remover todas as unidades lógicas, será apresentada uma mensagem Não foram definidas unidades lógicas, juntamente com uma tabela das letras de unidade que alterou ou eliminou. Prima ESC para continuar.

    NOTA: Se pretende redimensionar a unidade ou unidades lógicas aumentando ou diminuindo o respectivo tamanho, faça-o agora. Se pretende remover a partição expandida, consulte o passo 11.
  9. Prima 1 para seleccionar a opção Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS no menu Opções do menu Fdisk, prima 3 para selecciona a opção Criar unidade(s) lógica(s) de DOS na partição expandida de DOS no menu Criar partição de DOS ou unidade lógica de DOS e, em seguida, prima ENTER. Quando o fizer, será apresentada uma mensagem A verificar a integridade da unidade, com uma indicação da percentagem concluída.

    NOTA: Quando utilizar este passo a partição expandida não é eliminada, apenas as unidades lógicas contidas na partição expandida. Não tem de remover a partição expandida para redimensionar as unidades lógicas. Por exemplo, se tiver uma unidade lógica na partição expandida e pretender criar duas unidades lógicas, só terá de eliminar a unidade lógica e de criar duas unidades lógicas na partição expandida. Note que continua limitado ao espaço total da partição expandida.
  10. Quando o procedimento de verificação da unidade tiver terminado, será apresentada a seguinte mensagem:
    O tamanho da partição expandida de DOS é XXX Mbytes (1 MByte = 1048576 bytes).

    O espaço máximo disponível para a unidade lógica é XXX Mbytes (X%)

    Indique o tamanho da unidade lógica em Mb ou percentagem do espaço em disco (%).
    O máximo de MB disponível é o tamanho predefinido; no entanto, poderá alterar este valor introduzindo o tamanho da partição que pretende criar e premindo ENTER. Prima ESC, prima ESC novamente para sair da ferramenta Fdisk e regressar a uma linha de comandos e, em seguida, consulte o passo 11.
  11. Se pretende remover a partição expandida de MS-DOS, prima ESC para regressar ao menu Opções de Fdisk. Prima 3 para seleccionar a opção Eliminar partição de DOS ou unidade lógica de DOS, prima ENTER, prima 2 para seleccionar a opção Eliminar partição expandida de DOS e, em seguida, prima ENTER.
  12. O ecrã apresenta informações sobre a unidade de disco fixo actual. A partição expandida está listada na coluna Tipo. Por exemplo:
    Partição  Estado  Tipo  Nome Volume        Mbytes  Sistema   Ocup
    C:         1 A     PRI   DOS     (nome)         1200    FAT16    50%
    2                  EXP   DOS     (nome)        1200    DESCONHECIDO  50%
    
    O espaço total em disco é 2400 Mbytes (1 Mbyte = 1048576 bytes)
    Também receberá a seguinte mensagem de aviso:
    AVISO! Os dados da partição expandida de DOS eliminada perder-se-ão.

    Deseja continuar (S/N)?
  13. Prima S e, em seguida, prima ENTER para eliminar a partição. É apresentada a seguinte mensagem:
    Partição expandida de DOS eliminada
    Prima ESC para continuar
    NOTA: Se tentar eliminar a partição expandida de DOS antes de remover todas as unidades lógicas, será apresentada a seguinte mensagem de erro:
    Não é possível eliminar a partição expandida de DOS enquanto existirem unidades lógicas.
    Se receber esta mensagem de erro, repita os passos 3 a 6 e, em seguida, siga os passos 9 e 10 para eliminar a partição expandida de MS-DOS.

    É apresentado o menu Opções de Fdisk. Se permanecer espaço não particionado no disco rígido, o Windows poderá não apresentar a totalidade do espaço do disco rígido, apenas a quantidade de espaço disponível.

    IMPORTANTE: Depois de alterar as opções de Fdisk ou de eliminar partições, os dados que se encontravam na partição são eliminados e não poderão ser recuperados. Certifique-se de que compreendeu claramente este procedimento antes de o tentar executar. Se pretende começar com uma configuração limpa ou se pretende refazer a configuração actual, efectue uma cópia de segurança de todos os dados importantes antes de utilizar a ferramenta Fdisk.
  14. Se pretende utilizar o espaço não particionado existente no disco rígido, tem de formatar as unidades. Quando executar o utilitário Format.com com êxito, é apresentada a seguinte mensagem:
    AVISO, TODOS OS DADOS NA UNIDADE DE DISCO NÃO AMOVÍVEL X: PERDER-SE-ÃO!
    Deseja continuar a formatação (S/N)?
    Prima S e, em seguida, prima ENTER para formatar a unidade.
  15. Quando o procedimento de formatação tiver terminado, será apresentada a seguinte mensagem:
    Nome do volume (11 caracteres, ENTER para nenhum)?
    NOTA: Esta é uma funcionalidade opcional que poderá utilizar para introduzir um nome para o disco rígido. Poderá introduzir um nome de 11 caracteres para a unidade ou mantê-lo em branco e premir ENTER.



Perguntas mais frequentes

  • Pergunta: Porque é que a ferramenta Fdisk só particiona 2 GB de espaço de cada vez?

    Resposta: Se só consegue particionar 2 GB de espaço de cada vez, é possível que tenha premido N quando lhe foi perguntado se pretendia activar o suporte para discos de grandes dimensões ou que esteja a utilizar uma versão do Windows que não suporta FAT32. Se estiver a utilizar o Windows 95 ou anterior no computador, tem de criar múltiplas partições para utilizar a totalidade do tamanho do disco.

    NOTA: Se estiver a utilizar uma versão de revenda do Windows 95, não poderá efectuar a actualização para o Windows 95 OSR2.Para obter informações adicionais sobre a versão do Windows 95 ou Windows 98, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
    158238  (http://support.microsoft.com/kb/158238/pt/ ) Como determinar qual a versão do Windows 95/98/Me em utilização
  • Pergunta: Tenho software com tamanho superior ao limite de 504 MB. Posso utilizá-lo?

    Resposta: Para garantir a compatibilidade, contacte o respectivo fabricante antes de utilizar qualquer software de gestão de discos.
  • Pergunta: Tenho software ou utilitários que suportam unidades com tamanhos superiores ao limite de 504 MB; posso utilizá-los?

    Resposta: Sim, pode copiar a instalação do Windows 95 ou do Windows 98 do disco rígido antigo para um disco rígido novo. Para obter informações adicionais sobre como duplicar a instalação do Windows 95 ou Windows 98 para um novo disco rígido, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
    166172  (http://support.microsoft.com/kb/166172/pt/ ) Duplicar a instalação do Windows 95/98 para um novo disco rígido
    Note que não pode utilizar o método descrito neste artigo para copiar instalações do Windows 95 ou do Windows 98 para múltiplos computadores. A Microsoft só suporta o procedimento padrão do programa de configuração descrito na documentação do Windows 95 e Windows 98.

Nota Este é um artigo de “PUBLICAÇÃO RÁPIDA” criado directamente a partir da organização de suporte da Microsoft. As informações contidas neste artigo são fornecidas “tal como estão” em resposta a problemas recentes. Devido à urgência em disponibilizar este artigo, os materiais poderão incluir erros tipográficos e ser revistos em qualquer altura sem aviso prévio. Consulte os Termos de Utilização (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=151500) para outras considerações.

A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows 95
Palavras-chave: 
kbenv kbhardware kbhowto kbsetup w2000setup KB255867
Partilhar
Opções de suporte adicionais
Fóruns de Suporte da Comunidade Microsoft
Contacte-nos directamente
Encontre um parceiro certificado Microsoft
Loja Microsoft