DetailPage-MSS-KB

Base de Dados de Conhecimento

Artigo: 314093 - Última revisão: sexta-feira, 22 de Setembro de 2006 - Revisão: 3.0

Este artigo foi publicado anteriormente em PT314093
Importante: este artigo contém informações sobre como modificar o registo. Antes de modificar o registo, certifique-se de que efectua uma cópia de segurança e de que compreende como o pode restaurar se ocorrer um problema. Para obter informações sobre como efectuar uma cópia de segurança, restaurar e editar o registo, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
256986  (http://support.microsoft.com/kb/256986/ ) Descrição do registo do Microsoft Windows

Para obter uma versão deste artigo referente ao Microsoft Windows 2000, consulte 154690  (http://support.microsoft.com/kb/154690/ ) .

Nesta página

Sumário

Este artigo descreve métodos de resolução de problemas que podem ser utilizados se forem registadas informações semelhantes aos exemplos seguintes no registo do sistema.
ID do evento: 9
Origem: Aic78xx
Descrição: O dispositivo, \Device\ScsiPort0, não respondeu dentro do tempo limite.
- ou -
ID do evento: 11
Origem: Aic78xx
Descrição: O controlador detectou um erro de controlador em Device\ScsiPort0.
O nome da origem pode ser o nome de qualquer controlador, por exemplo, Atdisk ou ATAPI.

Mais Informação

Em quase todos os casos, estas mensagens devem-se a problemas de hardware. A origem pode ser o controlador ou (mais provavelmente) um dispositivo anexado ao controlador. O problema de hardware pode estar associado a cabos deficientes, definições incorrectas de terminação ou de velocidade de transferência, respostas lentas do dispositivo a cedências do barramento SCSI, um dispositivo com problemas ou, em casos raros, um controlador de dispositivo mal escrito.

Localizar a fonte do problema

Seguem-se algumas sugestões de resolução de problemas para ajudar a diagnosticar e localizar o problema:
  • Leia o manual técnico do controlador SCSI para determinar os requisitos de terminação. Muitos controladores SCSI actuais requerem terminadores activos (pelo menos um dos dispositivos no barramento deve fornecer energia de terminação). A terminação correcta envolve um terminador (resistência) e um dispositivo que forneça um sinal de energia de terminação ao barramento. A norma SCSI-2 especifica que um controlador (iniciador) tem de fornecer energia de terminação. Assim, qualquer controlador que alegue compatibilidade com SCSI-2 provavelmente fornece energia de terminação, mas o utilizador deverá certificar-se desta situação.

    Do mesmo modo, muitos dispositivos, especialmente unidades, podem fornecer energia de terminação; se uma unidade tiver um jumper com a etiqueta Trmpwr, deverá activá-lo.
  • Se tiver dispositivos SCSI internos e externos ligados, certifique-se de que o último dispositivo em cada cadeia SCSI tem terminação e de que os dispositivos intermédios não têm terminação.
  • Se for utilizada apenas uma cadeia SCSI (todos internos ou externos), certifique-se de que o último dispositivo da cadeia SCSI tem terminação e de que o próprio controlador SCSI tem terminação. Normalmente, esta é uma definição do BIOS.
  • Verifique se existem cabos SCSI soltos ou de má qualidade. Uma cadeia longa de cabos internos e externos poderá degradar o sinal. A especificação SCSI que permite uma longa distância assume que os cabos não permitem fugas ou interferências. A realidade permitida é, de um modo geral, uma distância mais curta. Cabos externos com 1,80 metros ou mais de comprimento devem ser substituídos por cabos de 1 metro.
  • Procure suportes rotativos amovíveis como unidades rígidas amovíveis. O suporte rotativo amovível demora mais tempo a ser iniciado que outros suportes amovíveis e pode gerar um ID de evento 11 depois de sair de uma suspensão ou hibernação. Depois de o dispositivo ter sido iniciado pode aceder ao mesmo.
  • Anote a hora em que as mensagens de evento foram gravadas e tente determinar se coincidem com determinados processos agendados (como cópias de segurança) ou processamento intenso de disco. Isso pode indicar o dispositivo que está a provocar os erros.

    A tendência das unidades para apresentarem este tipo de problemas em condições de grande tráfego deve-se, muitas vezes, a microprocessadores lentos. Num ambiente multitarefa, o processador pode não ser suficientemente rápido para processar todos os comandos de entrada/saída (E/S) recebidos quase simultaneamente.
  • Diminua as definições de velocidade de transferência se os tempos limite estiverem associados a unidades de banda; a utilização de uma velocidade de transferência de 5 MBs normalmente corrige as situações de tempo limite excedido.
  • Simplifique a cadeia SCSI/IDE removendo dispositivos. Se suspeitar de que um determinado dispositivo é a causa do problema, mova esse dispositivo para outro controlador. Se o comportamento seguir o dispositivo, substitua o dispositivo.
  • Verifique as revisões do BIOS do controlador SCSI e do firmware do dispositivo e obtenha as revisões mais recentes do fabricante. (Existe um procedimento para verificar o número do modelo e a revisão do firmware mais adiante neste artigo.)
  • Verifique a versão do controlador de dispositivo SCSI. O controlador SCSI está localizado na pasta %SystemRoot%\System32\Drivers. Nas propriedades do ficheiro do controlador, procure a versão. Se o controlador estiver actualizado, consulte o fabricante para saber se existe uma versão mais recente.
  • Remova outros controladores que possam criar problemas de contenção no barramento.
  • Veja se uma formatação de baixo nível efectuada pelo controlador SCSI resolve estas mensagens de evento.
  • Experimente utilizar uma marca ou modelo diferente de qualquer hardware suspeito.

Verificar o número do modelo e a revisão do firmware de um dispositivo

AVISO: a utilização incorrecta do Editor de registo poderá provocar problemas graves que poderão forçar a reinstalação do sistema operativo. A Microsoft não garante que os problemas resultantes da utilização incorrecta do Editor de registo possam ser resolvidos. Todo e qualquer risco decorrente da utilização do Editor de registo é da responsabilidade do utilizador.

O número do modelo do dispositivo e a respectiva revisão do firmware encontram-se no registo do Windows. Para ver estas informações, siga estes passos:
  1. Inicie o Editor de registo (Regedit.exe).
  2. Localize a seguinte chave no registo
    HKEY_LOCAL_MACHINE\Hardware\Devicemap\Scsi\ScsiPortx\ScsiBusx\ TargetIdx\LogicalUnitIdx
    em que x varia de acordo com o número do dispositivo.
  3. Consulte o valor do identificador REG_SZ para saber os valores de número do modelo e de revisão do firmware. Por exemplo, se visualizar
       SEAGATE ST32430N   0510
    						
    0510 é o valor da revisão do firmware.
  4. Registe o número do modelo as revisões de firmware do dispositivo e verifique junto do fabricante se existem problemas conhecidos desse modelo de dispositivo.

A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows XP Home Edition
  • Microsoft Windows XP Professional Edition
Palavras-chave: 
kbhowto kberrmsg kbhardware kbinfo KB314093
Partilhar
Opções de suporte adicionais
Fóruns de Suporte da Comunidade Microsoft
Contacte-nos directamente
Encontre um parceiro certificado Microsoft
Loja Microsoft