DetailPage-MSS-KB

Base de Dados de Conhecimento

Artigo: 314343 - Última revisão: sábado, 1 de Dezembro de 2007 - Revisão: 3.1



Este artigo poderá conter hiperligações para conteúdo em inglês (ainda não traduzido).

Nesta página

Sumário

O Microsoft Windows XP oferece dois tipos de armazenamento em disco: básico e dinâmico.

Armazenamento em disco básico

O armazenamento básico utiliza tabelas de partição normais suportadas pelo MS-DOS, Microsoft Windows 95, Microsoft Windows 98, Microsoft Windows Millennium Edition (Me), Microsoft Windows NT, Microsoft Windows 2000 e Windows XP. Um disco inicializado para armazenamento básico denomina-se disco básico. Um disco básico contém volumes básicos, tais como partições primárias, partições expandidas e unidades lógicas.

Além disso, os volumes básicos incluem volumes de múltiplos discos que são criados utilizando o Windows NT 4.0 ou anterior, tal como conjuntos de volumes, conjuntos de repartições (stripes), conjuntos de espelhos e conjuntos de repartições com paridade. O Windows XP não suporta estes volumes básicos de múltiplos discos. Têm de ser criadas cópias de segurança de quaisquer conjuntos de volumes, conjuntos de repartições, conjuntos de espelhos ou conjuntos de repartições com paridade e estes têm de ser eliminados ou convertidos em discos dinâmicos antes de instalar o Windows XP Professional.

Armazenamento em disco dinâmico

O armazenamento dinâmico é suportado no Windows 2000 e no Windows XP Professional. Um disco inicializado para armazenamento dinâmico denomina-se disco dinâmico. Um disco dinâmico contém volumes dinâmicos, tais como volumes simples, volumes expandidos, volumes repartidos, volumes espelhados e volumes RAID-5.

NOTA: os discos dinâmicos não são suportados em computadores portáteis ou nos computadores baseados no Windows XP Home Edition.

Não pode criar volumes espelhados ou volumes RAID-5 nos computadores baseados no Windows XP Home Edition, Windows XP Professional ou Windows XP 64-Bit Edition. No entanto, pode utilizar um computador baseado no Windows XP Professional para criar um volume espelhado ou RAID-5 em computadores remotos com o Windows 2000 Server, Windows 2000 Advanced Server ou Windows 2000 Datacenter Server. Tem de ter privilégios administrativos no computador remoto para efectuar este procedimento.

Os tipos de armazenamento são independentes do tipo do sistema de ficheiros. Um disco básico ou dinâmico pode conter qualquer combinação de partições ou volumes FAT16, FAT32 ou NTFS.

Um sistema de disco pode conter qualquer combinação de tipos de armazenamento. No entanto, todos os volumes no mesmo disco têm de utilizar o mesmo tipo de armazenamento.

Converter um disco básico num disco dinâmico

Utilize o snap-in Gestão de discos (Disk Management) no Windows XP para converter um disco básico num disco dinâmico. Para o fazer, siga estes passos:
  1. Inicie sessão como administrador ou como membro do grupo de administradores.
  2. Clique em Iniciar (Start) e clique em Painel de controlo (Control Panel).
  3. Clique em Desempenho e manutenção (Performance and Maintenance), clique em Ferramentas administrativas (Administrative Tools) e faça duplo clique em Gestão de computadores (Computer Management).
  4. No painel esquerdo, clique em Gestão de discos (Disk Management).
  5. No painel inferior direito, clique com o botão direito do rato no disco básico que pretende converter e clique em Converter em disco dinâmico (Convert to Dynamic Disk).

    NOTA: tem de clicar com o botão direito do rato na área cinzenta que contém o título do disco, no lado esquerdo do painel Detalhes (Details). Por exemplo, clique com o botão direito do rato em Disco 0 (Disk 0).
  6. Seleccione a caixa de verificação perto do disco que pretende converter (se ainda não estiver seleccionada) e clique em OK.
  7. Clique em Detalhes (Details) se pretender visualizar a lista de volumes no disco.
  8. Clique em Converter (Convert).
  9. Clique em Sim (Yes) quando lhe for perguntado se pretende converter o disco e clique em OK.
AVISO: depois de converter um disco básico num disco dinâmico, o acesso local ao disco dinâmico fica limitado ao Windows 2000 e Windows XP Professional. Além disso, depois de converter um disco básico num disco dinâmico, os volumes dinâmicos não podem ser alterados novamente para partições. Primeiro, tem de eliminar todos os volumes dinâmicos no disco e, em seguida, converter o disco dinâmico novamente num disco básico. Se pretender manter os dados, primeiro tem de criar cópias de segurança dos dados ou movê-los para outro volume.

Mais Informação

Termos de armazenamento dinâmico:
  • Um volume é uma unidade de armazenamento criada a partir de espaço livre num ou em mais discos. Pode ser formatado com um sistema de ficheiros e pode ser atribuída uma letra de unidade ao mesmo. Os volumes em discos dinâmicos podem ter qualquer um dos seguintes esquemas: simples, expandidos, espelhados, repartidos ou RAID-5.
  • Um volume simples utiliza espaço livre de um único disco. Pode ser uma região num disco ou pode consistir em várias regiões concatenadas. Um volume simples pode ser expandido no mesmo disco ou em discos adicionais. Se um volume simples for expandido por vários discos, torna-se num volume expandido.
  • Um volume expandido é criado a partir de espaço livre de vários disco que está ligado entre si. Pode expandir um volume por um máximo de 32 discos. Um volume expandido não pode ser espelhado e não é tolerante a falhas.
  • Um volume repartido é um volume cujos dados são divididos por dois ou mais discos físicos. Os dados deste tipo de volume são atribuídos alternativa e equitativamente a cada um dos discos físicos. Um volume repartido não pode ser espelhado ou expandido e não é tolerante a falhas. A repartição também é conhecida como RAID-0.
  • Um volume espelhado é um volume tolerante a falhas cujos dados são duplicados em dois discos físicos. Todos os dados num volume são copiados para outro disco para fornecer redundância de dados. Se um dos discos falhar, os dados podem ainda ser acedidos a partir do disco restante. Um volume espelhado não pode ser expandido. O espelhamento também é conhecido como RAID-1.
  • Um volume RAID-5 é um volume tolerante a falhas cujos dados são repartidos por uma matriz de três ou mais discos. A paridade (um valor calculado que pode ser utilizado para reconstruir dados após uma falha) também é repartida pela matriz de discos. Se um disco físico falhar, a parte do volume RAID-5 que estava nesse disco com falhas pode ser recriada a partir dos dados restantes e da paridade. Um volume RAID-5 não pode ser espelhado ou expandido.
  • O volume de sistema contém os ficheiros específicos do hardware que são necessários para carregar o Windows (por exemplo, Ntldr, Boot.ini e Ntdetect.com). O volume de sistema pode ser, mas não obrigatoriamente, o mesmo que o volume de arranque.
  • O volume de arranque contém os ficheiros do sistema operativo do Windows que estão localizados nas pastas %Systemroot% e %Systemroot%\System32. O volume de arranque pode ser, mas não obrigatoriamente, o mesmo que o volume de sistema.
Para obter informações adicionais sobre como converter discos básicos e dinâmicos, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
309044  (http://support.microsoft.com/kb/309044/PT/ ) COMO: Converter para discos básicos e dinâmicos no Windows XP Professional
Para obter informações adicionais sobre como configurar discos básicos, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
309000  (http://support.microsoft.com/kb/309000/ ) COMO: Utilizar a 'Gestão de discos' para configurar discos básicos no Windows XP
Para obter informações adicionais sobre como configurar discos dinâmicos, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
308424  (http://support.microsoft.com/kb/308424/ ) HOW TO: Use Disk Management to Configure Dynamic Disks
Para obter informações adicionais sobre como criar um volume espelhado, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
307880  (http://support.microsoft.com/kb/307880/ ) COMO: Criar um volume espelhado no Windows XP
Para obter informações adicionais sobre como criar um volume RAID-5, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
309043  (http://support.microsoft.com/kb/309043/ ) HOW TO: Create a RAID-5 Volume

A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows XP Professional x64 Edition
  • Microsoft Windows XP Professional Edition
Palavras-chave: 
kbinfo kbenv kbsetup KB314343
Partilhar
Opções de suporte adicionais
Fóruns de Suporte da Comunidade Microsoft
Contacte-nos directamente
Encontre um parceiro certificado Microsoft
Loja Microsoft