DetailPage-MSS-KB

Base de Dados de Conhecimento

Artigo: 314458 - Última revisão: terça-feira, 30 de Abril de 2013 - Revisão: 1.0

Para uma versão deste artigo relativa ao Microsoft Windows 2000, consulte 247804  (http://support.microsoft.com/kb/247804/pt/ ) .

Nesta página

Sumário

Este artigo explica como remover o sistema operativo Linux do computador e instalar o Windows XP. Este artigo pressupõe que o Linux está instalado no disco rígido do computador, que as partições nativas e de comutação do Linux (que são incompatíveis com o Windows XP) estão a ser utilizadas e que não existe espaço disponível no disco rígido.

NOTA: o Windows XP e o Linux podem coexistir no mesmo computador. Para obter informações adicionais, consulte a documentação do Linux.

Mais Informação

Para instalar o Windows XP num computador com o Linux actualmente instalado (e pressupondo que pretende remover o Linux), deverá eliminar manualmente as partições utilizadas pelo sistema operativo Linux. A partição compatível com o Windows pode ser criada automaticamente durante a instalação do Windows XP.

IMPORTANTE: antes de seguir os passos descritos neste artigo, verifique se tem uma disquete ou CD-ROM de arranque do sistema operativo Linux, uma vez que estes passos removem completamente o sistema operativo Linux do computador. Se posteriormente pretender restaurar o sistema operativo Linux, verifique também se tem uma cópia de segurança funcional de todas as informações armazenadas no computador. Além disso, deverá ter uma versão original do Windows XP para utilizar durante esta instalação. Se pretender utilizar um CD-ROM de actualização do Windows XP, deverá ter um CD-ROM de um produto elegível do Windows disponível. O programa de configuração do CD-ROM de actualização do Windows XP pedir-lhe-á este CD-ROM.

Os sistemas de ficheiros Linux utilizam um superbloco (superblock) no início de uma partição de disco para identificar o tamanho, forma elementares e estado do sistema de ficheiros.

O sistema operativo Linux é geralmente instalado no tipo de partição 83 (nativa do Linux) ou 82 (comutação do Linux). O gestor de arranque do Linux (LILO) pode ser configurado para iniciar a partir das seguintes localizações:
  • O registo de arranque principal (MBR, Master Boot Record) do disco rígido

    - ou -
  • A pasta raiz da partição do Linux
A ferramenta Fdisk incluída no Linux pode ser utilizada para eliminar as partições. (Existem outros utilitários que funcionam praticamente do mesmo modo, como o Fdisk do MS-DOS 5.0 e posteriores, ou pode eliminar as partições durante o processo de instalação).

Para remover o Linux do computador e instalar o Windows XP, siga estes passos:
  1. Remova as partições nativas, de comutação e de arranque utilizadas pelo Linux:
    1. Inicie o computador com a disquete de configuração do Linux, escreva fdisk na linha de comandos e prima ENTER.

      NOTA: para obter ajuda relativamente à utilização da ferramenta Fdisk, escreva m na linha de comandos e prima ENTER.
    2. Escreva p na linha de comandos e prima ENTER para visualizar informações sobre a partição. O primeiro item listado é hard disk 1, partition 1 information e o segundo item listado é hard disk 1, partition 2 information.
    3. Escreva d na linha de comandos e prima ENTER. É-lhe pedido o número da partição que pretende eliminar. Escreva 1 e prima ENTER para eliminar a partição número 1. Repita este passo até que todas as partições tenham sido eliminadas.
    4. Escreva w e prima ENTER para escrever estas informações na tabela de partições. Podem ser geradas algumas mensagens de erro (porque as informações são escritas na tabela de partições), mas não deverão ser significativas, uma vez que no passo seguinte tem de reiniciar o computador e instalar o novo sistema operativo.
    5. Escreva q na linha de comandos e prima ENTER para sair da ferramenta Fdisk.
    6. Introduza uma disquete ou o CD-ROM de arranque do Windows XP e prima CTRL+ALT+DELETE para reiniciar o computador.
  2. Siga as instruções apresentadas no ecrã para instalar o Windows XP.

    O processo de instalação ajuda-o na criação de partições adequadas no computador.

Tabelas de partições de exemplo do Linux

Unidade SCSI única

   Device Boot Start End Blocks Id System
   /dev/sda1 * 1 500 4016218 83 Linux native (SCSI hard drive 1, partition 1)
   /dev/sda2 501 522 176715 82 Linux swap (SCSI hard drive 1, partition 2)
				

Múltiplas unidades SCSI

   Device Boot Start End Blocks Id System
   /dev/sda1 * 1 500 4016218 83 Linux native (SCSI hard drive 1, partition 1)
   /dev/sda2 501 522 176715 82 Linux swap (SCSI hard drive 1, partition 2)
   /dev/sdb1 1 500 4016218 83 Linux native (SCSI hard drive 2, partition 1)
				

Unidade IDE única

   Device Boot Start End Blocks Id System
   /dev/hda1 * 1 500 4016218 83 Linux native (IDE hard drive 1, partition 1)
   /dev/hda2 501 522 176715 82 Linux swap (IDE hard drive 1, partition 2)
				

Múltiplas unidades IDE

   Device Boot Start End Blocks Id System
   /dev/hda1 * 1 500 4016218 83 Linux native (IDE hard drive 1, partition 1)
   /dev/hda2 501 522 176715 82 Linux swap (IDE hard drive 1, partition 2)
   /dev/hdb1 1 500 4016218 83 Linux native (IDE hard drive 2, partition 1)
				
Além disso, o Linux reconhece mais de 40 tipos de partições diferentes, incluindo os seguintes:
  • FAT 12 (Tipo 01)
  • FAT 16 > 32 M Primary (Tipo 06)
  • FAT 16 Extended (Tipo 05)
  • FAT 32 w/o LBA Primary (Tipo 0b)
  • FAT 32 w/LBA Primary (Tipo 0c)
  • FAT 16 w/LBA (Tipo 0e)
  • FAT 16 w/LBA Extended (Tipo 0f)
Existem outras formas de remover o sistema operativo Linux e instalar o Windows XP. O método anterior está incluído neste artigo devido a pressupostos de que o sistema operativo Linux está a funcionar e de que não existe mais espaço no disco rígido. Existem métodos para alterar tamanhos de partição com software concebido para gerir partições. Software de partição do disco pode causar instabilidade na instalação do Windows XP. A Microsoft não suporta a instalação do Windows XP em partições geridas deste modo.

Também pode utilizar uma disquete de arranque do MS-DOS versão 5.0 ou posterior, uma disquete de arranque do Microsoft Windows 95 ou do Microsoft Windows 98 que contenha o utilitário Fdisk para remover um sistema operativo do disco rígido e instalar um sistema operativo diferente. Quando inicia o Fdisk e tem múltiplas unidades instaladas no computador, dispõe de cinco opções; utilize a opção 5 para seleccionar o disco rígido com a partição que pretende eliminar. Em seguida, (ou se tiver apenas um disco rígido), seleccione a opção 3 (Eliminar partição ou unidade lógica de DOS) e seleccione a opção 4 (Eliminar partição de outro sist. oper.). Deverá visualizar as partições de outro sistema operativo que pretende eliminar. Normalmente, o sistema operativo Linux tem duas partições de outro sistema operativo, mas poderá ter mais. Depois de eliminar uma partição, utilize os mesmos passos para eliminar outras partições adequadas de outro sistema operativo.

Para obter informações adicionais sobre como usar o utilitário Fdisk, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
255867  (http://support.microsoft.com/kb/255867/pt/ ) Como utilizar a ferramenta Fdisk e a ferramenta Format para particionar ou voltar a particionar um disco rígido
Depois de eliminar as partições, pode criar partições e instalar o sistema operativo que pretender. Só pode criar uma partição principal e uma partição expandida com múltiplas unidades lógicas através do Fdisk do MS-DOS versão 5.0 e posterior, Windows 95 e Windows 98. O tamanho máximo da partição principal FAT16 é de 2 gigabytes (GB). O tamanho maior da unidade lógica FAT16 é 2 GB.

Para obter informações adicionais, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
105074  (http://support.microsoft.com/kb/105074/pt/ ) Perguntas e respostas de partições de MS-DOS 6.2
Quando instala o Windows XP, é possível remover as partições do Linux e criar e formatar novas partições com o tipo de sistema de ficheiros adequado durante o processo de instalação. O Windows XP permite criar mais do que uma partição principal. O Windows XP reconhece o sistema de ficheiros FAT32. Durante a instalação do Windows XP, pode criar uma unidade FAT32 de grandes dimensões. A unidade FAT32 pode ser convertida em NTFS após a conclusão da instalação, se adequado.

Para obter informações adicionais sobre arranque múltiplo no Windows XP, clique no número de artigo existente abaixo para visualizar o artigo na base de dados de conhecimento da Microsoft (KB, Microsoft Knowledge Base):
306559  (http://support.microsoft.com/kb/306559/pt/ ) COMO: Criar um sistema de arranques múltiplos com o Windows XP
 
Nota Este é um artigo de “PUBLICAÇÃO RÁPIDA” criado directamente a partir da organização de suporte da Microsoft. As informações contidas neste artigo são fornecidas “tal como estão” em resposta a problemas recentes. Devido à urgência em disponibilizar este artigo, os materiais poderão incluir erros tipográficos e ser revistos em qualquer altura sem aviso prévio. Consulte os Termos de Utilização (http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=151500) para outras considerações.

A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows XP Home Edition
  • Microsoft Windows XP Professional Edition
Palavras-chave: 
kbhowto kbinfo kbsetup KB314458
Partilhar
Opções de suporte adicionais
Fóruns de Suporte da Comunidade Microsoft
Contacte-nos directamente
Encontre um parceiro certificado Microsoft
Loja Microsoft